quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

* O fato: REENCARNAÇÃO. Está na Bíblia? Sim

O fato: REENCARNAÇÃO. Está na Bíblia? Sim.


Amigos,
Reencarnação significa que o espírito, após desencarnar (que é o mesmo que deixar sua existência corporal por causa da morte do corpo físico), reviverá ainda assim, a curto, médio ou a longo prazo, num novo corpo de carne. Renascerá novamente como bebê, desenvolvendo-se como criança, adolescente, jovem, adulto, e tornará a desencarnar. Esse processo será repetido quantas vezes forem necessárias à evolução do espírito.
A reencarnação é uma Lei Divina. Logo, para cada um de nós, já que somos espíritos criados por Deus, significa um acontecimento bom, útil e necessário para a nossa evolução espiritual. Deus não erra nunca.
Por serem as Leis Divinas soberanas, justas, amorosas, e destinadas a todos os espíritos criados por Deus, temos como conseqüência natural destas Leis a certeza da sua aplicação. Não podemos nos esquecer ainda que Deus não cria privilegiados ou excluídos entre os Seus filhos.
Vale dizer, cada espírito criado por Deus deverá reencarnar, quer acredite ou não na reencarnação.
Nas próximas postagens abordaremos aspectos inerentes à Lei da Reencarnação, posto que é uma Lei ainda incompreendida por muitos, e mostraremos que Jesus a ensinou com clareza e que ela consta na bíblia.
Abração a todos.
Marcelo Badaró Duarte


10 comentários:

  1. Onde? Faça citações que justifiquem sua afirmativa.

    ResponderExcluir
  2. DEUS jamais se enganaria; ÊLE é infalível e nos dotou de inteligência para sabermos o que é certo ou errado!Acaso o assassino ao morrer,teria seus êrros esquecidos?Que justiça seria essa?..não a de DEUS,por certo!Terá êle que voltar e resgatar o que fêz,isso sim é justiça divina,nos dar mais uma e mais mil chances de evoluirmos,verdadeira misericórdia que nos possibilita a ascenção moral e espiritual!.. Grato meu DEUS por essa lei sábia e imutável! Grato!!

    ResponderExcluir
  3. VC ainda não respondeu a pergunta feita...

    ONDE NA BIBLIA SE ENCONTRA AMPARADA, REFERENCIADA OU BASEADA A REENCARNAÇAO??? ESTA POSTAGEM É UMA "PROPAGANDA FALSA E FAJUTA"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo Badaró Duarte13 de março de 2012 15:25

      Amigo Uriel Folly,
      Convido-o à leitura das demais postagens deste blog que fazem referência ao tema "reencarnação". Nelas estão contidas as fundamentações bíblicas que dizem respeito ao assunto. Observe que no final desta postagem, especificamente, remetemos o leitor amigo à leitura das postagens posteriores, nas quais abordamos o tema com maior detalhamento e fundamentação.
      Espero que aprecie o conjunto de informações sobre o tema "reencarnação".
      Um carinhoso abraço!
      Marcelo Badaró Duarte.

      Excluir
  4. Dr. Tenho uma admiração muito grande pelo senhor e por todo o trabalho que o senhor desenvolve na justiça acriana.

    Mas Como Cristâo não poderia deixar passar em branco suas publicações so bre reencarnação.

    então segue o que realemte a biblia diz sobre reencarnação
    “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo.” (Hebreus 9:27)

    Se a Bíblia está certa, então porque Deus não permite a reencarnação? Considere que a idéia de reencarnação talvez falhe na sua essência. Reencarnação é a teoria que com vidas suficientes, uma pessoa pode de alguma forma finalmente se acertar e dessa forma ser aceita no paraíso/nirvana. Muitas pessoas pensam que elas já são boas o suficiente — até mesmo — para o céu. (Elas nunca roubaram um banco ou mataram ninguém). Com a reencarnação, a idéia é bem parecida. A única diferença é que isso sugere que você será bom o suficiente…eventualmente.

    Mas por que isso é uma idéia falha? Porque isso não leva em conta a iniqüidade humana. A Bíblia fala que o coração humano é a coisa mais enganadora que possa existir (Jeremias 17:9). Isso é bem ruim. E fica ainda pior. A Bíblia ainda diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3:23), que todos se afastaram de Deus e cada um se desviou pelo se caminho (Isaias 53:6), não há homem justo sobre a terra que faça o bem (Salmos 53:3), e nunca peque (Eclesiastes 7:20).

    Então, qual a vantagem de retornar a Terra em um corpo diferente? O grau de mudança não seria suficiente para fazer uma diferença. Você vive sua primeira vida como um pecador que se afastou de Deus, depois você retorna como uma pessoa diferente que apesar de tudo é um pecador que se afastou de Deus. Esse ciclo eterno não traria nenhum beneficio a ninguém.

    Desde que somos pecadores, nós precisamos de perdão. Desde que todos nós nos afastamos de Deus, nós precisamos retornar a Ele (arrependimento). Essa é a perseverante mensagem da Bíblia.

    Deus nos diz que devemos retornar a Ele com o intuito de sermos perdoados e buscá-Lo a fim de conhecê-Lo melhor. Se nós fizermos isso, então o céu começa nessa vida e pode meramente continuar na próxima vida. Para adorá-Lo — não um lugar diferente para viver — o céu é feito justamente para isso.

    Mesmo que a Bíblia rebata reencarnação, ela fala sobre ressurreição de todas as pessoas…

    “É chegada a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão; os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.” (João 5:28-29)

    Aqui está mais um trecho das Escrituras a respeito desse Julgamento…

    E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele…E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e abriram-se os livros… e foram julgados, cada um segundo as suas obras… E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo. (Apocalipse 20:11-15)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre a mesma coisa. Estão cansados de saber que a morte física é ÚNICA, que ñ há morte espiritual. No cristianismos se crê que o espírito adormece. Veja bem, ADORMECE. Adormecer é morrer?

      “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois disso o juízo.”(Hebreus 9:27)

      O júízo nada mais é que a vida além morte, onde o espírito vai passar por ensinamentos, ser curado das coisas vividas no plano terreno.

      Excluir
  5. a Bíblia fala que somente Jesus Cristo ressuscitou

    Haverá o 1º arrebatamento com a vinda de Jesus Cristo na terra para levar o seus escolhidos e estes reinarão no céu ..... serão reis e sacerdotes.

    Os que ficarem na terra ainda terão uma chance de entrar no céu conforme suas obras (julgamento final ) e com o verdadeiro arrependimentos dos seus pecados ..... mas irão sofrer com muitas pestes na terra.

    e haverá o 2º arrebatamento para os que ficaram e foram julgados.

    Não existe reencarnação na Bíblia somente no mundo do espiritos mundanos e enganadores.

    Como existe Deus no céu junto com Jesus Cristo e seus anjos também existe o diabo na terra junto com seus demonios (espiritos ) enganadores.

    ResponderExcluir
  6. A ESPADA AFIADA DE DOIS GUMES

    Analisam os extremistas bíblicos:
    “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,” Hebreus 9: 27. A palavra de Deus é bem clara: “... morrerem uma vez...”. Qualquer que disser que o homem deve morrer várias vezes, para a evolução do espírito, está contrariando diretamente a palavra de Deus.

    Leitores bíblicos compreendam: A Bíblia é a palavra fértil em sentidos antagônicos.

    Paulo ao escrever o versículo 27 inserido no capitulo 9 da epistola aos Hebreus: - POR ACASO ESTAVA DECRETANDO LEIS IMUTAVEIS E INDERROGAVEIS DA NATUREZA?
    Pois a própria palavra que é considerada pelos extremistas religiosos como sendo de Deus ensinou no Antigo Testamento há mais de 10 séculos: “aquele que quebrantasse a lei das Escrituras instituídas por Moisés deveria ser condenado sem misericórdia à pena de morte por apedrejamento, somente com a palavra de duas testemunhas“ Deuteronômio 17. 1 – 12 ” – vide também HEBREUS 10. 28 (Por acaso algum sistema religioso nas nações civilizadas pratica semelhante absurdo bíblico do Velho Testamento)
    “A partir do Novo Testamento de Jesus NINGUÉM mais deveria seguir esses princípios cruéis”
    Logo nota-se que, através dos séculos “a SUPOSTA palavra de Deus na Bíblia” está sofrendo CONTRÁRIAS modificações morais na sua essência confrontando-se o Velho Testamento das Escrituras com o Novo Testamento da Boa Nova de Jesus, e isso ocorre de acordo a EVOLUÇÃO intelectual dos povos.

    Esclarecimentos:
    O homem morre de fato uma vez e após a sua morte corporal, abre-se o foro intimo de sua consciência espiritual no plano extrafísico para a aferição de valores imortais que é o mesmo que Juízo. E depois dessa mutação natural a criatura não é mais um ser humano carnal e sim alma, ou espirito. O ser tem uma individualidade própria e, no tempo e espaço das gerações sucessivas o espírito é que retorna e submete-se aos renascimentos, ou reencarnações no plano físico para crescer interiormente, ou seja, evoluir no aspecto intelectual e moral.

    AQUELE QUE NÃO NASCER DE NOVO NÃO PODERÁ ALCANÇAR O REINO DE DEUS. Necessário vos é nascer de novo por meio da Água que é a força viva da matéria terrestre e do Espirito a essência divina do Criador, na criatura. A união biofísica do espírito à matéria (água) é que constitui a estrutura corporal, pois a consciência espiritual é a mesma mais aperfeiçoada, no tempo e espaço.

    A NATUREZA NÃO DÁ SALTOS. Como se explica diante da imperfectível sabedoria e justiça de Deus a EVOLUÇÃO do homem das cavernas para o homem atual? Somente através da lei natural da reencarnação poderemos compreender a magnitude da grandeza das leis da Criação de Deus, que cria, corrige, educa e aprimora o ser espiritual para o infinito celestial.
    Princípio causal que atesta a reencarnação como uma lei natural: a Alma é imortal? Ou a vida acaba com a morte física? Qual o princípio de causa e efeito que organiza os ascendentes morais, intelectuais e mesmo físicos das criaturas? Pois a Ciência atesta que o homem atual é mais evoluído que o homem das cavernas. Sem a REENCARNAÇÃO teríamos que admitir o CAOS do ACASO na Criação dos seres nas leis da Natureza, princípio esse que seria incompatível com a Onipotência, Sabedoria e Justiça imparcial de Deus, ser absoluto e perfeito em todos os sentidos.


    http://vozqclamabr.blogspot.com/
    Intensivo de Difusão Espiritualidade Evangélica – IDE

    ResponderExcluir
  7. A ESPADA AFIADA DE DOIS GUMES, sentidos de ensinamentos varáveis na Bíblia

    "E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu." Eclesiastes 12. 7

    A ressurreição: ressurgimento, retorno do espírito à vida física em corpo carnal é que se chama REENCARNAÇÃO, e se concretiza em outras gerações futuras através de um ventre abençoado da Mulher; porque a Mulher é o canal sagrado para a geração dos seres na vida material.

    Veja o que a Bíblia cita em Hebreus 11. 35 “AS MULHERES receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados não aceitando o seu livramento para alcançarem uma superior ressurreição”.

    Reflexionem com juízo lógico:
    “Mulheres recebendo pela ressurreição os seus mortos? Alguns desses mortos se torturam não aceitando o seu livramento? E que tinha um objetivo: alcançarem a superior ressurreição!!!”

    Mas os mortos não sabem de nada!!! Como é que eles se torturam? E se angustiam? E relutam contra o seu livramento!!

    Obs: vivificando o espírito da letra:
    Mulher: templo da vida física;
    Mortos: almas dos antepassados que se angustiam no plano extrafísico, tal qual a alma do rico que sofria no hades, vide ensinamento de Jesus 16. 19 a 31 e também Ezequiel 37. 1 a 14 a visão no Além-túmulo – vale de ossos secos;
    Ressurreição através da Mulher: retorno da alma pelo principio natural da reencarnação que se conclui naturalmente através das gerações;
    Livramento: crescimento, evolução, libertação do carma evolutivo

    http://vozqclamabr.blogspot.com/
    Intensivo de Difusão Espiritualidade Evangélica – IDE

    ResponderExcluir
  8. A ESPADA AFIADA DE DOIS GUMES, sentidos de ensinamentos variáveis na Bíblia.

    A RESSURREIÇAO CARNAL, ou seja: ressurgimento da alma, ou espírito, na existência carnal através de um renascimento corporal em gerações sucessivas. É o mesmo que a reencarnação.

    Mestre quem pecou ele ou os seus pais para que nascesse cego? (João 9. 1 – 3)
    Quem faz essa pergunta diretamente para o caso de um cego de nascença, é porque acreditava, ou, ouvira falar desse ensinamento.
    Observamos que Jesus não censurou os apóstolos por acreditarem no ensinamento de resgates de vidas passadas. Assim também como não foi indiscreto revelando minudencias desse passado: “a preexistência espiritual” como era conhecida nessa época, conforme o ensinamento no livro de Êxodo 34. 6 a 7 “Senhor Deus misericordioso e piedoso... Que guarda a beneficência em milhares, que perdoa a iniqüidade e a transgressão e o pecado, e que visita a iniqüidade dos pais sobre os filhos e sobre os filhos dos filhos até terceira e quarta geração”.

    O apóstolo Paulo assim notificou na epistola aos Hebreus porque muitos tinham consciência que as almas dos antepassados retornavam no mesmo grupo consanguíneo na terceira, ou quarta geração para resgatarem dívidas morais, conforme ensinamento aos povos hebreus 11. 35
    Esse ensinamento está em perfeita concordância com a predestinação dos seres através da preexistência (VIDAS PASSADAS): “aos que dantes conheceu também os predestinou... E aos que predestinou a estes chamou; e aos que chamou a estes justificou; e aos que justificou a estres também glorificou” (Romanos 8. 29 -30).
    Por isso é que AS MULHERES HEBRÉIAS recebiam, isto é, concebiam pela ressurreição carnal que é o mesmo que a reencarnação os seus mortos ( almas dos antepassados). E, essa ressurreição por meio da Mulher tinha um objetivo elevado: alcançar uma superior ressurreição (vida nova) (Hebreus 11. 35)

    Ainda com relação ao cego de nascença curado por Jesus: Nem todos que renascem na existência material em corpos deficientes estão resgatando carmas (passado espiritual). Almas bem conscientes são submetidas por provas como meio de crescimento espiritual para o Reino de Deus, por isso que Jesus esclareceu: “ele nasceu assim para que se manifestem nele as obras de Deus” Aqui também está introduzido o ensinamento da predestinação (vidas sucessivas)

    Quando a causa revelava carma (consequências de pecados resgatados de vidas passadas), Jesus simplesmente dizia: “teus pecados te são perdoados”.. E depois da cura do corpo e da alma ainda advertia: “não peques mais, para não te acontecer coisas piores”. Como demonstra o caso do Paralítico de Betesda que há 38 anos sofria, desde o seu nascimento (João 5. 1 – 14)

    http://vozqclamabr.blogspot.com/
    Intensivo de Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E

    ResponderExcluir